Chamo-me Angela Ribeiro, nasci e vivo nesta pitoresca e vibrante cidade que é o meu Porto. Sou licenciada em Relações Públicas e trabalho desde os meus 17 anos. Passei por várias experiencias profissionais, desde industria têxtil, sector de bebidas, imobiliário, no entanto, enveredei pela área da saúde, passando por varias especialidades hospitalares desde fármacos a dispositivos médicos e desempenhando atualmente funções ligadas às áreas de marketing e comercial numa das maiores multinacionais americanas de dispositivos médicos de Ortopedia. Desde tenra idade que tenho o gosto por musica e desenho, estudei 7 anos de piano, mas o desenho sempre foi um hobby, recordo-me de ter 5 anos e desenhar o meu avô que adormecia religiosamente num cadeirão na sala após o almoço. Recordo-me bem da surpresa e vaidade dos meus pais quando mostravam esses meus desenhos a amigos e familiares pelo facto do meu avô ser identificável, não descurando o seu chapéu e os seus óculos. Aos meus olhos, arte é uma forma de individualismo, de criatividade, de alma, de visão, de emoção que começa por uma intenção e que fugazmente se transforma num habito que nos define. É intrínseca Partindo deste pressuposto, não me dediquei educacionalmente à pintura… tinha de ser um prazer e não uma obrigação! Na verdade, o meu caminho começa aqui, começa agora! Impulsionado pela pandemia … cujo medo, o stress, a preocupação e a privação que o Covid nos trouxe, criaram em mim a necessidade de usufruir de momentos prazerosos e de total desconecção com o exterior. Comecei a pintar A minha pintura, é, para mim, uma forma de meditação. A minha pintura é totalmente inspirada pela musica, pelos anos 60 e 70 e pelo estilo de vida grunge dos anos 90 bem como pelos animais. Sou uma adepta fervorosa da moda, com uma forte ligação ao estilo indie , hippie chic dos“late 60s/ early 70s” bem como ao modo de vida despreocupado dos anos 90 com forte inspiração nas minhas musas Brigitte Bardot, Jane Birkin , Kate Moss e os bad boys James Dean e Johnny Depp a titulo de exemplos Viciada em musica, é uma das minhas principais características. Cada tela não tem uma história, mas sim uma musica que inspirou a sua criação.

A minha pintura é um estado de espirito, é um sentimento, que se tiver de ser dissecada ou explicada, deixa de ser arte.

Angela

Ribeiro